segunda-feira, 25 de julho de 2016

E se Johnny Hallyday nunca tivesse existido?


Há uns anos, em Paris, tínhamos visto na televisão a meia-hora final deste filme, "Jean-Philippe". A premissa pareceu-nos engraçada e recentemente tivémos a oportunidade de o ver todo.
Algures em França, após uma queda, Fabrice (Fabrice Luchini) acorda numa realidade alternativa em que o seu ídolo, Johnny Hallyday, nunca existiu. Mas ele não desiste!

Ambos são excelentes actores, sendo Fabrice Luchini um dos nossos favoritos (tendo começado a carreira no cinema com o mestre Eric Rohmer), apresentando Johnny Hallyday um registo de interpretação sério. Imagino que nos bastidores das filmagens as gargalhadas devem ter sido mais que muitas!

Vale a pena verem, caso possam!

4 comentários:

  1. Mais uma vez Luchini está insuperável e Johnny está magnifico de contenção, já a premissa do filme é surpreendente. Jean-Philippe é uma das melhores comédias francesas do novo milénio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A rever um dia destes de tão divertido! Obrigada pela visita!

      Eliminar
  2. Nunca vi, mas confesso que fiquei muito curiosa! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar