sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Árvore Genealógica (2003)

Esquema Hollie Designs "Family Tree"

Trabalho feito em 2003, para as manas Leonor, Joana e Margarida não perderem rasto às suas origens!

Foto PNLima

11 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada pela visita! A ideia fica bem gira e este é dos esquemas mais simples que existe de árvore para bordar. Tenho uma minha feita em papel e consigo ir até aos bisavós.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Obrigada pela visita! E pelo elogio! É um assunto de que gosto bastante! Tenho uma "árvore" minha feita até aos bisavós num simples doc e gosto tanto dela!

      Eliminar
  3. Espectáculo, Paula! Gostei imenso. É um tema que me é querido também.

    Já agora, aproveito para perguntar, pois não sei se passa aí, na televisão...Conhece um programa chamado " Who Do You Think You Are?"
    https://en.wikipedia.org/wiki/Who_Do_You_Think_You_Are%3F_(UK_TV_series)

    Cheguei a ver alguns episódios e gostei muito, sobretudo quando era o actor Mark Strong a fazer a locução (gosto imenso da voz dele).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! Ficam bem engraçadas estas árvores!
      Durante algum tempo num canal de cabo passou essa série e eu adorei ver, especialmente o David Suchet (Mr. Poirot) e a Susan Sarandon. Confesso que pelo nome não identifiquei de imediato o Mark Strong (não ligo assim muito aos narradores deste programas, confesso e às vezes são substituídos por narradores portugueses - não me lembro se era o caso), mas consultando o IMDB vi que entrou por exemplo no "John Carter" que adorei e tem uma excelente voz. Nesse "Who Do You Think..." é engraçado ver como é diferente o ritmo dos americanos e dos ingleses!
      Bom fim semana!

      Eliminar
  4. Vi um ou dois americanos, mas não me cativaram, exactamente pelo que refere: o ritmo. Já os ingleses, sim. Também gostei muito do programa sobre o David Suchet (por acaso, o meu Poirot favorito).
    Gosto muito do Mark Strong como actor, mas o primeiro contacto que tive foi neste programa, pela voz, que me deixou rendida. Às tantas deixei de ver o programa, porque mudaram de locutor e para mim, já não era a mesma coisa. Não gostei da voz escolhida. É que a dele casava bem com o tipo de programa. :-)
    Gostei muito de vê-lo no "Body of Lies", entre outros. "John Carter" não vi.
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Body of Lies" não só tem actores de que gostamos lá em casa, como também é de um dos nossos realizadores favoritos, Ridley Scott.
      Se gosta de cinema, pode sempre dar uma espreitadela aqui: http://manuscritosdagalaxia.blogspot.pt/
      talvez possa achar interessante. :-)

      Eliminar
    2. Obrigada pela dica. :-) Já visitei e achei muito interessante. Vou voltar. Também gosto do R. Scott.

      Eliminar
  5. A árvore está magnifica e obrigado pela referência:)
    Beijinhos

    ResponderEliminar