terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Umberto Eco - "Il Secondo Diario Minimo"

Ainda agora comecei a ler "Il Secondo Diario Minimo" ou como o título em francês diz "Comment voyager avec um saumon - nouveaux pastiches et postiches" e não posso deixar de colocar aqui uma frase lida ontem, que tem tanto a ver com os tempos que correm (vou tentar a melhor tradução possível):


"... C'est pourquoi il est necessaire que les Services Secrets existent, qu'ils déploient une intense activité, que cette activité soit parfaitement inefficace, et dangereuse pour l'autosubsistance de l'État. Un noued de problemes difficiles a resoudre..."

(É por isso que é necessário que os Serviços Secretos existam, que tenham uma intensa actividade, que essa actividade seje perfeitamente ineficaz, e perigosa para a auto-subsistência do Estado. Um embróglio de problemas difíceis de resolver...")

4 comentários:

  1. Um livro genial do mais lúcido observador do mundo contemporâneo, que infelizmente nos deixou recentemente, e que mais uma vez nos oferece uma obra "politicamente incorrecta", felizmente!
    Bom dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! Para já corresponde às expectativas!

      Eliminar
  2. Nunca li o livro, mas fiquei curiosa com esta passagem! Deve questionar e colocar em causa muitos princípios que por vezes temos como verdadeiros.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! Este é um dos meus autores favoritos! No chamado "não-romance" revela-se perfeitamente acutilante quanto às realidades actuais!

      Eliminar