sexta-feira, 10 de março de 2017

Almada Negreiros


Assim que soubemos que a Gulbenkian tinha uma exposição alargada do Almada Negreiros, decidimos passar por lá (está até Junho). Talvez devido à publicidade e ao domingo grátis, tínhamos que esperar em fila e em pé cerca de quarenta minutos a uma hora (mas é bom ver que tem público interessado). Desistimos (voltaremos mais tarde), mas não perdemos a viagem, já que mesmo ao lado, no Centro de Arte Moderna, se podia andar à vontade e não havia fila para entrar, com peças magníficas para se ver.

Aí também vimos uns "almadas", já que na entrada se encontram quatro magníficas tapeçarias, reproduções dos quadros que se encontram na Gare Marítima de Alcântara. Não pode deixar de me lembrar da frase "Ei-los que partem...." que tantas vezes ouvi em miúda!

Fotos PNL

3 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada pela visita! São mesmo. De um requinte de cores e pormenores!

      Eliminar
    2. Estes trabalhos do Almada em tapeçaria são verdadeiras obras de Arte!
      Boa tarde!

      Eliminar