quinta-feira, 23 de março de 2017

Vermeer em Paris**


Um dos meus pintores favoritos, por causa sobretudo do livro/filme "Rapariga com Brinco de Pérola", de que já falei aqui no blog, é Johannes Vermeer. Talvez por influência do filme, graças à mais que maravilhosa Direcção de Fotografia do português Eduardo Serra, tento sempre ver "ao vivo" os quadros a que este pintor dizem respeito. Na minha visita a Amesterdão, fui "obrigada" a escolher entre ele e o Van Gogh, tendo este último sido o escolhido. Mas ainda não foi desta, em Paris (embora já tenha visto o quadro que está permanente no Museu do Louvre, numa das outras visitas) que vi as telas dele. O excesso de visitantes fizeram-nos optar por outras Exposições naquela cidade.

Optámos por adquirir o magnifico "Le Figaro Hors-Série", sobre o pintor e a Exposição. Já se encontra na lista da próxima viagem a Amesterdão a visita ao Rijksmuseum, 😉!

Fotos PNLima

8 comentários:

  1. Nesse caso, vamos apontar uma visita ao Mauritshuis, em Haia.
    Meia-hora de comboio é um instante.
    https://www.mauritshuis.nl/en/explore/the-collection/vermeer/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! A combinar, concerteza!

      Eliminar
  2. As bichas para ver o Vermeer no Museu do Louvre eram enormes e assim optámos pelos Impressionistas, regressando a dois locais que adoramos em Paris:)
    Boa tarde!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! E o deleite que foi ver todas aquelas belezas!

      Eliminar
  3. Tambem gosta da pintura do Vermeer. E sempre um problema visitar alguns museus onde ha imensa gente a querer ver as obras dos pintores mais conhecidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! Nós tentamos optar por locais menos conhecidos, ou menos cheios e temos encontrado belissimas surpresas!

      Eliminar
  4. O Museu do Louvre está sempre um caos, as filas são gigantescas..
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! A minha pior impressão foi num domingo em que era grátis, em que as filas pelo Carrousel do Louvre eram impressionantes! E já me "perdi" lá dentro! ;-)

      Eliminar