quarta-feira, 12 de julho de 2017

Patos da Gulbenkian




Estes não ficam atrás dos Patos de Cascais (Parque Marechal Carmona, aqui e aqui), porque são tão atrevidos quanto os que há em Cascais. E se alguma vez andar pela Praça de Espanha e se cruzar com um pato, qual traseunte, já sabe de onde ele vem!
(E cada vez há mais patos na Gulbenkian!)

6 comentários:

  1. Quando me cruzo com os patos nos jardins da Fundação Calouste Gulbenkian recordo-me sempre de "Fargo" e dessa bela pintura que o marido da policia está a elaborar para o concurso dos selos:)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O cinema sempre em ligação da memória! Estes patos são mesmo fofos!

      Eliminar
  2. Fotografei alguns quando lá estive há três meses.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se calhar apanhou uns dos pequenitos acabados de nascer... Vale a pena passar por lá, para nós é um oasis no meio da cidade! Bom fim de semana!

      Eliminar
  3. eu gosto imenso deles! E gosto de lhes dar de comer :-) Boa tarde!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já percebo porque eles até estão gordinhos! Nós gostamos imenso mas nunca calha termos migalhas! ;-) Bom fim semana!

      Eliminar