segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Até na Amadora há óasis perdidos...

Porque soubemos de uma conferência sobre o "Atelier da Rua D. Pedro V" da família Roque Gameiro, que a Margarida Elias do blog "Memórias e Imagens" ia proferir no sábado 25/11, pusémos os pés ao caminho e fomos à Casa Roque Gameiro, na zona da Venteira, na Amadora. 

Foto do site da Câmara da Amadora
Descobrimos um belo espaço e lá iremos voltar, com melhor tempo, para apreciar os jardins. Percebe-se a escolha do local para construção da casa (com o traço do Raul Lino) se, ao espreitar por uma janela, nos abstrairmos dos prédios e considerar o espaço amplo que à epóca devia rodear a casa.

Roque Gameiro, foto do site da Câmara da Amadora

Aproveitámos para visitar a exposição dedicada a Raquel Roque Gameiro, uma das filhas do Mestre Roque Gameiro, "Mão Inteligente: Raquel Roque Gameiro (1889-1970) - Ilustração e Aguarela", que estará patente até 26 de fevereiro de 2018.

Vele a pena!

3 comentários:

  1. É um espaço fantástico. Boa tarde! (E obrigada por terem ido!)

    ResponderEliminar
  2. Vale a pena descobrir A Casa Roque Gameiro no Centro da Amadora e as Exposições que por lá navegam:)
    Bom dia!

    ResponderEliminar
  3. Um "palacete" muito bonito. Pena ter ficado rodeado de predios.

    ResponderEliminar