quinta-feira, 26 de julho de 2018

As modas vêm, as modas vão e fica tudo na mesma!

Exposição sobre o Maio de 68, no Hotel de Ville, em Paris!

5 comentários:

  1. Mesmo assim, o autocratismo orelhudo de De Gaulle é hoje - parece-me a mim - algo justificável e mais esclarecido do que a pretensa democracia à Macron ou o bling-bling de Sarkozy...
    Bom dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A monarquia macroniana e o brilho sarkozista tinham bastante a aprender com o marechal!
      Bom dia

      Eliminar
    2. E não é que promovi o general? Lapso imperdoável!! AS minhas desculpas!

      Eliminar
  2. Mesmo assim, os jovens já não se calam tanto. E o pólo de Tolbiac da Universidade parisiense está em efervescência. E com razão. Querem fazer faculdades para bons alunos e outras para piores alunos, para estes ainda ficarem mais ignorantes. Nunca pensei assistir a isto!
    Nunca entendi porque os franceses que nada tinham a ver com o Macron votaram nele na 1ª volta. Fartei-me de discutir isto com amigos meus.
    Bom dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui por casa, nessas eleições, achámos que votaram sobretudo contra a possibilidade da extrema a concurso chegar ao poder, tal como o fizeram contra o pai. Lembro-me de ouvir pessoas de uma geração mais idosa a comentar, no local onde habitualmente íamos comer, a ausência de ideias a votos, sobretudo para os que tinham vivido o Maio de 68.
      Boa tarde!

      Eliminar