quarta-feira, 11 de julho de 2018

E é mesmo assim:

Numa parede, por lá, perto do Pompidou!

Foto PNLima

6 comentários:

  1. Mesmo com chuva, greves da SNCF, "manifes" e tudo o mais que caracteriza a cidade das luzes, terminamos sempre por olhar os estereótipos com um sorriso, porque Paris será sempre a nossa cidade; temos sempre a cultura em cada esquina e os livros como produto de "primeira necessidade" e assim Paris permanece uma festa!
    Bom dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem escrito! Subscrevo!
      (Vamos outra vez? De vez?)
      Bom dia

      Eliminar