sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Viagem pela memória...

Ontem revi o "Grease"! E não me lembrava como era engraçada a abertura do filme, sendo os créditos iniciais apresentados com animação, marcando o tom ligeiro e divertido do filme!


Confesso que cantei todas as músicas, algumas com mais afinação que outras, tendo o rapaz cá de casa sofrido o seu pedaço (ele não conhecia o filme!). 
Este filme (de 1978) está ligado a umas férias nortenhas em que um tio, vindo de Londres, não contando que as sobrinhas ainda lá estavam por casa e tendo trazido a banda sonora do Grease de Londres, LP vinil duplo, decidiu dividir a banda sonora do filme ao meio e dar um dos discos à filha e o outro disco às sobrinhas. Convém referir que um disco tinha as músicas mais conhecidas (cantadas pela Olivia Newton-John e o John Travolta) e o outro disco as menos famosas. Adivinhem com qual as sobrinhas ficaram?

P.S. E lá pelo meio descobre-se Lorenzo Lamas a dar os primeiros passos na carreira!

6 comentários:

  1. Tendo visto a peça, gostei bastante do filme, cujas sequências musicais funcionam e o genérico inicial é simplesmente fabuloso!
    PS - A banda sonora do "Grease" e "Grease 2" já moram aqui em casa :-)
    Bom dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bah!!!!!!!!!!!! Aqui não moram! %$$##""#%&&//(

      Eliminar
  2. Engracado que tambem nao me lembro dessa abertura do filme Paula. Mesmo giro. Tambem gosto do filme, ha pouco tempo voltou a mostrar num dos canais aqui, mas nao o vi o principio. Gosto imenso das musicas tambem claro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe sempre bem cantar! Mesmo que a desafinar, neste Grease! Rever, vale a pena!
      Obrigada pela visita!

      Eliminar
  3. 1) Let me guess - o Tio chamava-se Carlos ou era o pai da Alexandra? ;)
    2) Não me lembro puto do genérico inicial
    3) Estou a roer-me para rever o filme, graças a Vous
    4) E que tal enviarem, as BSO aqui para a je?

    5) Stil Love U

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pareces mesmo um político da nossa praça, que anda (ainda bem) desaparecido.
      O tio chamava-se Roque e é pai da tua colega de liceu!
      Vê o genérico que vale a pena
      Deu na RTP1, pode ser que repitam na da Memória, avisamos se virmos programado!
      Também gostamos muito de ti!

      Eliminar